quarta-feira, 26 de maio de 2010

Infusão Autóloga de Células Estaminais




Foi após ter visualizado este vídeo que o entusiasmo se apoderou de mim e pensei temos que fazer o mesmo.
Em Outubro de 2009 recebi a newsletter mensal da crioestaminal, empresa á qual recorremos para fazer a criopreservação do sangue do cordão umbilical da Inês,onde relatava o estudo que estava a ser desenvolvido pela Drª Joanne Kurtzberg na Universidade de Duke nos E.U.A, imediatamente quisemos saber mais, pesquisamos imenso,contactamos com médicos, ouvimos opiniões( umas positivas outras mais cépticas), conseguimos contactos e em pouco tempo tínhamos já o processo todo encaminhado,após muitos e-mails trocados em Janeiro deste ano tivemos a confirmação que a Inês iria receber a infusão sendo a 2ª criança portuguesa a fazê-lo e assim foi, no dia 17 de Abril voamos para Durham, onde fomos recebidos no Duke Children's Hospital & Health Center pela Drª Joanne e a sua equipa, absolutamente fantástica, devo confessar que estamos a anos luz de conseguir um atendimento e umas condições como ali pudemos encontrar.
Foram utilizadas apenas 20% das células ficando o restante lá armazenado para uma eventual nova reinfusão. Como é óbvio cada caso é um caso, não existem dois casos iguais foi-nos dito inclusive pela própria Drª Joanne que o Dallas foi um caso absolutamente incrível de recuperação, geralmente são necessários 6 meses a 1 ano para vermos evoluções significativas. Agora vem a parte melhor, passou apenas um mês e já vimos pequenas evoluções o que nos tem deixado bastante entusiasmados, mas procuro não pensar mt nisso e dar tempo ao tempo, um passo de cada vez e lá diz o ditado, de vagar se vai ao longe.
Claro que não podemos descurar as terapias que mais do que nunca, agora são muito importantes, é preciso todo um trabalho de estimulação tal como temos feito até aqui.
Junto com a Inês viajaram mais 2 crianças uma delas a Ana Beatriz,( refiro aqui o seu nome porque sei que os seus papás não se importam) que se encontra no site da Bébévida, onde podem ler também um pouco sobre o assunto.Claro que podem também consultar a página da Crioestaminal onde também encontram alguma informação disponível, e á qual aproveito para expressar o meu profundo agradecimento pelo apoio que nos prestaram. Um obrigado também ao amigos que viajaram connosco em pensamento, e a toda a comunidade médica que nos apoiou em especial ao Dr Pedro Reis sem o qual não teríamos o relatório do hospital tão prontamente ,uma vez que apesar de o ter pedido urgente só chegou em Fevereiro, é para rir mesmo,e á Drª Maria Miguel que amavelmente se ofereceu para o traduzir para inglês.Muito muito obrigado a todos...

3 comentários:

Patty disse...

Não tenho palavras para expremir o que senti ao ler tudo isto.Vivi contigo Amiga e sei o que estão a lutar...
Um beijinho muito grande para a Inês e para vcs toda a força do Mundo para conseguir ultrapassar tudo, que sei que v conseguir.

mmpprp disse...

Cristina, não precisas de nos agradecer....nós é q temos a honra de poder contribuir para que a Inês tenha tdo o q merece e um futuro promissor....e já sabem q podem contar connosco sp q precisarem!

Bjinhos,

Mª Miguel e Pedro

Anónimo disse...

Hey i am suuper boy