segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Cord Blood Changed My Daughter's Life

9 comentários:

SA disse...

Olá.
Sabe que esta Universidae só faz com células do próprio? Não sei se tem as da sua filha.
Eu infelizmente não consegui ter as minhas, com muita pena, pq parece que muitos miudos estão a ter excelentes resultados na UDukan. Já há miudos em Port que foram, mas não sei os resultados.
Eu estou a tentar ir à Alemanha onde fazem através das medula ossea. Vamos ver, espero ter bons resultados.
Bjs
SA

Cris disse...

Olá, sim é verdade, a Inês foi uma dessas crianças portuguesas, neste caso a 2ª a receber uma infusão com a Drª Joanne Kurtzberg no Duke University Hospital,em breve voltaremos para uma nova reinfusão uma vez que só foram utilizadas 20% das células. Na Alemanhã, no xcell-center têm tido bons resultados tmb para os casos de quem não teve oportunidade de fazer a recolha do cordão, é sempre uma opção muito válida a ter em conta. Vai ver que vai valer bem a pena.
Bjs
Cristina

SA disse...

Olá.
Que bom que já conseguiu ir. E os resultados?
O meu marido está com mt medo de ir à Alemanha mas estamos de mãos atadas, mais não podemos fazer, resta-nos isso...
Agora tenho o "problema" que estou gravida e portanto, ou vou nos prox 2 meses ou só daqui a bastante tempo. Por isso ando a tentar convencê-lo a ir no prox mês...
Vamos ver...

Bj

Cristina G. disse...

Na xcell-center fazem terapia com a células adultas autólogas portanto não há nada a temer,mas pode sempre marcar com eles uma consulta de avaliação onde lhe explicam todo o procedimento. Garantias de melhoras é algo que nunca irá obter porque cada caso é um caso e cada organismo reage de maneira diferente.No nosso caso já vimos boas evoluções na Inês, apesar de nos terem dito que precisariamos de 6 meses a 1 ano para vermos resultados e ainda só passaram 5 meses. Melhorou bastante a visão,o control de tronco, está mt mais atenta, ganhou bastante destreza nas mãos, mete e tira a chupeta da boca com bastante facilidade e melhou também a espasticidade.

SA disse...

Olá Cristina.
Em 1º lugar, parabéns pela cor. Em 2º lugar e MUUUUUIIIIITO importante, parabéns por esses passos. Fico muito feliz por esses resultados. Qd li pensei que se fosse o meu caso, esses resultados seriam fantásticos.
Bjs grds

Sandra disse...

Ouvi dizer que Xcell-center fechou na Alemanha devido à morte de uma criança com 10 anos. Alguém sabe em que passo é que está?Há alguém que continue a ir lá (ou noutros lado sem células do cordão)com os seus filhos?

Cristina G. disse...

Olá Sandra, de facto o que sei é que o x-cell center parece sim que fechou não sei pormenores mas conheço uma mãe que lá esteve e posso tentar saber.
No caso de não ter celulas do cordão a outra alternativa poderá passar pela china onde utilizam células embrionárias
http://www.beikebiotech.com/
http://www.stemcellschina.com/
Espero ter de alguma forma ajudado
Bjs

Sandra disse...

Obrigada, Cristina!
Entrámos em contato com Duke University e por email disseram-nos para juntar os docs médicos da minha filha, porque não sabem se para o ano vão passar ao próximo passo:crianças sem células do cordão umbilical...Como a minha filha tem 20 meses, vou esperar, devido à credibilidade dos profissionais...Beijinho e obrigada.Tudo de bom para a vossa princesa!!!

Xana disse...

Olá, tenho seguido cm mta atenção os passos da Inês.
Tenho uma filha com 10 meses tb com paralesia cerebral e com microcefalia. Após uma RM concluiram que se devia a uma asfixia perinatal, mas há células que simplesmente desapareçeram.
Fico curiosa se estes projectos inovadores tb conseguem criar células já inexistentes ou só reparam as danificadas?
Sei sem dúvida que o melhor é entrar em contacto com a Univ de Dukan, eles melhor do que ninguém saberão dizer, mas ainda tudo isto é novo, tudo isto é doloroso e continuamos sem rumo.
Quero aproveitar para deixar uma mensagem de grande apreço e fascínio por esta família lutadora que para mim é um grande exemplo.
Bj grande à pequena grande Inês e à sua MÃE.